A minha Lista de blogues

segunda-feira, agosto 27, 2007

UM DIA APÓS O OUTRO...



Assim vão as férias que me foram atribuídas e que tenho gozado com prazer e disponibilidade, para fluir de acordo com o tempo e as circunstâncias. As vivências têm sido variadas e todas elas muito ricas, pois os contactos com o exterior têm sido intercalados com mergulhar bem fundo na essência do meu Ser e do meu Estar. O tempo mostrou-se um bom aliado porque, ora estava vento, ora chovia ou, como hoje, o Sol brilhava e aquecia os corpos que se banham nas salsas ondas, sempre que o mar permite esse arrojo; muito raramente somos brindados com a bandeira verde e a calma que nos leve a um estado de meditação espontânea e é preciso aproveitar. A visita de familiares e amigos tem sido uma constante e a alegria desse convívio enche-me o coração. Os espaços em que reina o silêncio têm sido, igualmente, saboreados e bem-vindos.
Um dia após o outro, se vão escoando as férias que guardarei na memória como reserva energética para os trabalhos que se avizinham e que espero que sejam tão satisfatórios quanto a intenção posta nessas acções. Agradeço, uma e outra vez, aos meus Deuses e a todos quantos fizeram destes dias um marco na minha/nossa estória. Em breve regressarei a Lisboa, com a esperança renovada e a vontade de tudo fazer para continuar a merecer estas benesses.
Fiquem bem!

quinta-feira, agosto 16, 2007

MAR








As ondas alterosas anunciam a força de um mar que se apresenta na sua plenitude, marcando presença na praia onde o homem pisa, olhando a Luz que espreita entre as nuvens que correm céleres numa continua fuga para não se sabe onde.
Quando me deixo levar pelo momento, sinto a grandeza do universo no qual estou integrada e deixo fluir a energia que me toca e emociona. Delicio-me com estes momentos de exaltação e submeto-me a esta ordem da natureza que nos faz sentir e vibrar intensamente.
Esta praia é, de facto, surpreendente e em cada dia apresenta-se de forma diferente o que nos obriga a seguir o seu próprio ritmo e esperar o inesperado. As rochas onde este Mar se enquadra, mostram-nos a origem deste lugar que explodiu algures no tempo. É impossível não sentir a força que emana daquelas formas e da sua textura! Algumas rochas “falam” bem alto, contando estórias que lembram viver e morrer, amores e desamores ou, simples pausa na lufa-lufa de quem vive na cidade.
Vivo esta praia pelo prazer de sentir a sua energia e a magia que dela emana e é com gosto que venho partilhar esses momentos convosco.
Fiquem bem!

sexta-feira, agosto 10, 2007

ENCONTROS

Praia da Adraga




Prosseguindo a minha viagem ao encontro do meu ser mais profundo, nestas a que convencionámos chamar FÉRIAS, venho partilhar convosco algumas vivências que poderão transmitir-vos o que sinto e como sinto.
Observando a imagem acima, é possível perceber de imediato que frequento uma praia magnífica, considerada uma das mais belas da Europa! Por sorte, apanhámos um dia em que a luz deixava transparecer todos os elementos em exposição; a máquina do meu telemóvel conseguiu captar esse momento em todo o seu esplendor e as ondas que se espraiavam na areia mostravam como a energia flúi sem cessar, dando-nos a noção plena de que essa energia também somos nós e que devemos deixar que ela corra livremente sem a fragmentar. Corpo e mente em uníssono, numa harmonia perfeita para que a consciência se expanda e possamos viver cada instante em plenitude.
Esta manhã, mal acordei, fui à varanda e uma onda de gratidão aflorou ao meu peito, deixando-me envolver pela atmosfera límpida deste lugar privilegiado. A calma tocou-me, penetrando cada poro, acompanhada pelos sons próprios do campo onde nos encontramos. Estou perto do mundo, mas longe do bulício e da confusão da cidade que nos acolhe durante o ano de trabalho. Hoje apeteceu-nos o silêncio e por aqui ficámos a arrumar a casa e a ler, depois de uma breve ida à vila. Regressei pelo meu pé, saboreando o Sol, temperado pela frescura da manhã, deixando-me envolver pela paisagem.
À tarde, espera-nos a praia e, por lá, gozaremos aquele espaço, estendidos na areia ou mergulhando nas ondas, se elas estiverem mansas como estavam no dia em que tirei a foto. O mar aqui é, normalmente, bravo, há que ter cuidado e muito respeitinho. Entretanto, pode ser que “veja” as fadas que, dizem, cavalgam as ondas alterosas deste mágico lugar. Como em tudo na vida, é preciso acreditar e sentir. É isso, exactamente, que farei!
Um abraço cheio de energia. Fiquem bem!!!

segunda-feira, agosto 06, 2007

FÉRIAS PARA QUE VOS QUERO...




Tal como prometi, aqui estou para vos dar conta das minhas férias.
Festejei os meus anos com muita alegria e o carinho imenso que me dispensaram discípulos, alunos e pacientes (sem contar, claro, com a família). É muito agradável ver o Amor ser correspondido de várias maneiras, cada uma a demonstrar imensa sabedoria e perfeita sintonia. Foi um dia longo e cheio que guardarei na memória como reserva única, dando graças aos meus Deuses por me terem feito merecedora de tantas benesses.
Antes de partirmos, no dia seguinte, ainda festejámos o aniversário da minha filha, num almoço com todos os que pertencem ao grupo familiar mais próximo. O encontro foi muito simpático e despretensioso, que nos deu grande satisfação e alegria pois a família é o nosso principal suporte afectivo. A preparação para as férias e o trabalho deixaram-nos um tanto ou quanto cansados, mas com o entusiasmo infantil de quem vai à descoberta e à conquista de um repouso tão merecido quanto desejável.
Desembarcámos, por fim, no recanto escolhido pelos nossos Guias e a sensação de chegar a um espaço que fizemos nosso desde o primeiro dia é de um grande, imenso prazer e é isso que pretendo partilhar convosco sempre que a ocasião o proporcionar.
Fiquem bem!