A minha Lista de blogues

quinta-feira, novembro 19, 2009

INICIAÇÃO





“Uma iniciação “yóguica” não é propriamente um exame. É, antes, um processo em que se trabalha a ampliação da consciência e se avança passo a passo, de etapa em etapa. A expansão dá-se em todos os sentidos, não é um caminho puramente ascendente. A verdadeira iniciação acontece quando há concordância entre a razão e a intuição e se aceitam os factos que vão acontecendo sem os questionar, apesar das dúvidas que possam surgir e sem a tentação de voltar atrás por achar o Caminho mais seguro ou mais fácil. A iniciação é, na realidade, uma aprendizagem que se faz com muito trabalho, mas sem esforço.”

In “O Caminho da Sabedoria” – ed. Novalis Angelorum (Maria Emília)


Na festa de Natal que se aproxima, celebraremos a iniciação de duas praticantes, cujo trabalho e dedicação no Caminho espiritual e de auto conhecimento se manifesta na sua integração no Grupo de Almas a que pertencem. Uma iniciação é sempre uma responsabilidade para Mestre e discípulo, pois a ligação que se estabelece é feita a nível do espírito e o envolvimento não tem, na sua base, características sociais. Dentro da tradição do “Satsanga”, será iniciado aquele ou aquela que foi proposta pelos Deuses que nos assistem neste processo. Nem o afecto, nem a vontade pessoal, são razão suficiente para decidir quem poderá viver esta experiência transcendente. É claro que o livre arbítrio tem o seu papel, o que implica a aceitação do proposto iniciado, depois de feito o convite para que a cerimónia tenha lugar. A partir desse momento começa uma nova etapa e o iniciante passará a assumir um nome espiritual e a usar o seu próprio “Mantra”. O nome é escolhido pelo Mestre, que pedirá que partam à descoberta do seu significado, para que haja uma identificação com ele. O “Mantra” é pessoal, visto que é preciso que o discípulo escolha aquele com o qual se identifica e o sinta integrado nas meditações.
Sempre que surge esta oportunidade, reina alegria no ar e todos se envolvem na preparação do acontecimento que é uma grande festa para esta pequena/grande comunidade. Os futuros iniciados escolhem um padrinho(a) que o ajudará nesta passagem tão importante para a sua ascensão como Ser, com a consciência plena do seu papel no mundo onde se encontra inserido e de que a evolução individual e colectiva passará a representar uma mais-valia para todos e cada um.
Agradeço mais uma vez aos Guias e Mestres, que me acompanham e ajudam, voltar a viver a emoção de partilhar esta vivência tão extraordinária com todos quantos se dispõem a marcar presença neste momento particular e principalmente a quem aceitou este desafio, confiantes e de coração aberto. Bem hajam e bem-vindas SAVITRI e UMA!!!
Bom fim-de-semana. Fiquem bem!
OM SHANTI

quinta-feira, novembro 12, 2009

DETERMINAÇÃO


Quando os nossos sentidos estão despertos, o pensamento passa a ter uma força e a vontade passa a ser uma realidade com capacidade de transformar o que é preciso transformar, avançando para uma nova etapa, com atenção aos sinais que se manifestam a cada passo. É importante meditar para entrar em contacto com a própria Sabedoria e ter uma percepção cada vez mais clara do sentir mais profundo e receber apoio dos Guias e dos Mestres.
A Auto-estima e a confiança no processo de desenvolvimento em que nos encontramos, deve ser uma constante para se poder fluir com os acontecimentos, sem expectativas, desligados de preconceitos para que seja possível seguir pelo Caminho traçado e alcançar a realização, tanto pessoal como espiritual. A intuição é um factor primordial para lidar com os pensamentos predominantes que determinam o curso da nossa existência, abrindo espaço ao equilíbrio, à estabilidade emocional e com capacidade para usar os dons concedidos, no sentido de providenciar um estado de paz e harmonia, com a dose certa de desapego que nos leve a ser livres da influência do Ego e deixar crescer o Amor incondicional que nos serve e serve todos os que assim estiverem nessa frequência.
A determinação cresce na medida em que acreditamos que vale a pena viver a espiritualidade com os pés bem assentes na terra e os olhos postos na Essência de onde, algum dia, saímos com vontade de voltar com trabalho feito.
Bom fim-de-semana. Fiquem bem!



sexta-feira, novembro 06, 2009

TREINO E APRENDIZAGEM






O espírito tem uma sabedoria muito própria, mas não foi só a experiência que fez com que chegasse ao ponto de evolução em que se encontra. Tudo estava contido no Ser onde habita, o que não significa um privilégio mas sim uma responsabilidade. A sociedade vive e respira por causa de alguns Seres mais evoluídos, mais atentos às suas solicitações mais íntimas e preocupados com aqueles que ainda não têm voz ou que não são capazes de sentir ansiedades próprias ou alheias. Viver é um treino e uma aprendizagem, um exercício onde os desejos vão cabendo nos sonhos ou ambições, sem nunca se abdicar deles. A criatividade faz parte deste processo e vai-se de descoberta em descoberta com a certeza de poder chegar mais longe, usando a singularidade da existência pessoal, com o propósito de servir a integração na família ou na sociedade a que, por algum motivo, se veio a pertencer, com uma linguagem específica que se vai entendendo. A experiência permite avaliar contactos pessoais, e perceber até que ponto farão parte do círculo de energia a que, naturalmente, se pertence. O instinto de sobrevivência é um factor determinante na escolha de parceiros, pois os mecanismos de defesa manifestam-se sempre que o perigo espreita.
A complexidade do ser humano mostra-se na forma como expressa o amor, para além dos gestos e das palavras e na atracção que leve ao encontro daqueles que dele se aproximam, também eles, à descoberta do seu espaço e da sua companhia. Não somos os únicos a viver a experiência de uma busca incessante do SER e do ESTAR, neste universo que nos transcende. É preciso não esquecer que todos somos únicos e que essa característica singular nos obriga a desenvolver as qualidades inerentes a ela, fazendo da liberdade o apanágio da existência, para que se cumpra o Karma devido, projectando o futuro a cada passo.
Integremos o espírito no corpo, alimentando os sonhos à custa do amor e colocando a esperança acima das frustrações, ressentimentos e carências. Treino e aprendizagem que requer apenas alguma atenção e confiança nos Guias e Mestres que nos assistem nesta Vida, para que possamos levar a bom termo o destino ou a missão proposta ou escolhida, para que a evolução da Alma seja uma realidade palpável.
Bom fim-de-semana. Fiquem bem!