A minha Lista de blogues

quinta-feira, novembro 19, 2009

INICIAÇÃO





“Uma iniciação “yóguica” não é propriamente um exame. É, antes, um processo em que se trabalha a ampliação da consciência e se avança passo a passo, de etapa em etapa. A expansão dá-se em todos os sentidos, não é um caminho puramente ascendente. A verdadeira iniciação acontece quando há concordância entre a razão e a intuição e se aceitam os factos que vão acontecendo sem os questionar, apesar das dúvidas que possam surgir e sem a tentação de voltar atrás por achar o Caminho mais seguro ou mais fácil. A iniciação é, na realidade, uma aprendizagem que se faz com muito trabalho, mas sem esforço.”

In “O Caminho da Sabedoria” – ed. Novalis Angelorum (Maria Emília)


Na festa de Natal que se aproxima, celebraremos a iniciação de duas praticantes, cujo trabalho e dedicação no Caminho espiritual e de auto conhecimento se manifesta na sua integração no Grupo de Almas a que pertencem. Uma iniciação é sempre uma responsabilidade para Mestre e discípulo, pois a ligação que se estabelece é feita a nível do espírito e o envolvimento não tem, na sua base, características sociais. Dentro da tradição do “Satsanga”, será iniciado aquele ou aquela que foi proposta pelos Deuses que nos assistem neste processo. Nem o afecto, nem a vontade pessoal, são razão suficiente para decidir quem poderá viver esta experiência transcendente. É claro que o livre arbítrio tem o seu papel, o que implica a aceitação do proposto iniciado, depois de feito o convite para que a cerimónia tenha lugar. A partir desse momento começa uma nova etapa e o iniciante passará a assumir um nome espiritual e a usar o seu próprio “Mantra”. O nome é escolhido pelo Mestre, que pedirá que partam à descoberta do seu significado, para que haja uma identificação com ele. O “Mantra” é pessoal, visto que é preciso que o discípulo escolha aquele com o qual se identifica e o sinta integrado nas meditações.
Sempre que surge esta oportunidade, reina alegria no ar e todos se envolvem na preparação do acontecimento que é uma grande festa para esta pequena/grande comunidade. Os futuros iniciados escolhem um padrinho(a) que o ajudará nesta passagem tão importante para a sua ascensão como Ser, com a consciência plena do seu papel no mundo onde se encontra inserido e de que a evolução individual e colectiva passará a representar uma mais-valia para todos e cada um.
Agradeço mais uma vez aos Guias e Mestres, que me acompanham e ajudam, voltar a viver a emoção de partilhar esta vivência tão extraordinária com todos quantos se dispõem a marcar presença neste momento particular e principalmente a quem aceitou este desafio, confiantes e de coração aberto. Bem hajam e bem-vindas SAVITRI e UMA!!!
Bom fim-de-semana. Fiquem bem!
OM SHANTI

3 comentários:

Margarida Marmelo disse...

Lindo!...
As Iniciações das outras pessoas fazem-me reviver um pouco a emoção e uma certa "excitação" da minha...
Olhando para trás...Quanto caminho percorrido já!...E parece que foi ontem.
Obrigada, OM Shanti Mestra!
Radha.

Inês Brotas de Carvalho disse...

Uma grande emoção está a crescer em mim. Este Natal conjuga-se com a celebração da minha entrada para uma família a que já me sinto pertencer.
Foi tudo tão rápido e tão intenso que talvez nem me aperceba bem da grandeza do que me está a acontecer.
Agradeço aos Deuses a dor dilacerante que senti no início do ano. Sem ela, não teria tido a necessidade de encontrar a minha mestra e iniciar esta fascinaste “subida da montanha”.
Sem medo, aceito à partida a minha missão nesta vida. Em todas as dificuldades terei comigo o imenso amor que sinto transbordar de mim e a grande confiança que tenho na Maria Emília.
Agora posso até voar, porque se cair, tenho uma casa onde curar as feridas e receber “colo”, até poder continuar a caminhada.
Sinto uma enorme gratidão por esta nova vida, esta nova família, este novo eu...UMA
Inês

gataborralheira disse...

Que bom poder usufruir desta experiência que será de certeza muito enriquecedora para todos nós.
Obrigada