A minha Lista de blogues

segunda-feira, julho 03, 2006

YOGA EM ACÇÃO





Yoga é conhecer o Amor nas acções de cada dia, descobrir a Essência para além da aparência e crer na sabedoria divina. Isto é o que define a filosofia que considera o Homem como um TODO e acentua a ideia de que o Ser é responsável pelo seu próprio destino, baseado no facto de cada acção ter uma reacção de acordo com a intenção. Podemos considerar o Yoga como a Psicologia do comportamento mais antiga do mundo e, a partir desse pressuposto, começámos a desenvolver muitos trabalhos que ajudassem ao auto-conhecimento e à auto-perfeição, dentro daquilo que se apresentava ao nosso dispor. É preciso lembrar que, nos anos oitenta, se começava timidamente a falar da relação corpo-mente-espírito e de uma noção do Transpessoal.
Uma das primeiras pessoas a passar pelo Centro, partilhando os seus conhecimentos e a sua experiência, foi o Dr. Henrique Ribeiro, psicólogo e professor (hoje também formado em homeopatia) que nos trouxe como tema “PSICOLOGIA E PARAPSICOLOGIA COMO ELEMENTOS DE TERAPIA!”. Posso dizer que com ele me iniciei na aprendizagem do que era energia e sua manipulação adequada. Fizeram-se cursos de “SHIATSU” e de “DIAGNÓSTICO ORIENTAL” com o Professor Francisco Varatojo que nos levou a mergulhar fundo nas técnicas deste tipo de terapia que, para além, de aliviar tensões, previne muitas doenças; técnicas que usamos até hoje, acrescentadas que foram as experiências e estudos de muitos anos. Tivemos igualmente a visita do astrólogo Alcino do Carmo que nos levou á descoberta da Astrologia com “A ASTROLOGIA ATRAVÉS DOS TEMPOS" e “O HORÓSCOPO – BASE FUNDAMENTAL DA ASTROLOGIA”. “A HOMEOPATIA” foi-nos revelada pelo Dr. Hélio Jacome, médico ortopedista da medicina convencional e um dos pioneiros do tratamento por meio da Acupunctura e a Homeopatia em Portugal.
Muitos foram os que contribuíram para o desenvolvimento de quantos estavam prontos para absorver tanta coisa nova e diferente. Foram vividas muitas experiências gratificantes neste despertar da consciência, no entanto, procurámos sempre a qualidade e a seriedade, longe de charlatanismos e imediatismos baratos; a nossa intenção firmou-se na vontade de que houvesse uma compreensão das matérias, na sua lógica e na inteligência dos que se dispuseram a partilhar connosco os seus saberes. O grupo foi-se consolidando com Retiros, convívios e passeios ao ar livre de que guardamos óptimas recordações. Como curiosidade vos digo que realizámos o casamento de dois alunos! Enfeitámos o Centro com flores de papel feitas por uma das professoras, vestimo-nos de branco e os noivos receberam a nossa benção com um ritual próprio. O lanche que se seguiu foi farto e a animação muita, depois da noiva fazer uma demonstração de posturas, acompanhada da música que o noivo tocava na sua viola. Uma vez que perdi o rasto do casal, não vos apresento as fotos desse acontecimento memorável.
Entretanto, deixei o Centro de Lisboa para me poder dedicar totalmente a este projecto e os alunos que lá deixei continuaram a manter-se em contacto porque organizávamos uns encontros mensais para praticar Hatha Yoga e conversar. Esse elo manteve-se e tornou-se a semente que deu origem ao “Satsanga” de Lisboa que foi feito por insistência daqueles que nos acompanharam sempre. Nova etapa se avizinhava trabalhosa e excitante.
Fiquem bem!

1 comentário:

aldina disse...

O centro de ioga Satsanga é o que eu considero uma "escola" de terapias alternativas praticadas na medida de cada alma que o frequenta, ou seja, o tempo e o espaço de cada pessoa é a única medida certa para a descoberta, livres de preconceitos, só nesta verdade se liberta o corpo e o pensamento para a criação do melhor que há em nós e nas relações com o próximo!