A minha Lista de blogues

segunda-feira, abril 16, 2007

CONSCIÊNCIA PLENA



Ao longo dos anos, a prática do Yoga tem-me permitido ampliar a consciência e perceber que uma inteligência é elevada quando pura e verdadeira, capaz de distinguir, claramente o que importa. O pensamento em harmonia constante com as acções e as sensações, tomando em consideração que o Ego deverá ser apenas o timoneiro que leva a barca do meu tempo a bom porto, fazendo de cada momento o futuro que foi passado e se faz presente, o tempo acontece sem medida quando entendo a sua relatividade e a alegria é um estado de Alma que me permite fluir com as circunstâncias, sem medo de avançar com o meu processo de evolução e com a capacidade de ajudar os outros como me ajudo a mim própria.
Cada etapa vivida prepara-me para que possa continuar a cumprir a missão que me foi destinada e que aceitei, algures no tempo e no espaço. Eu sei que é preciso confiar, mas também sei que nem sempre é fácil, principalmente nos momentos em que as dificuldades se sobrepõem às forças ou ao ânimo. A consciência, na sua plenitude, leva-me constantemente a ter de fluir, aceitando o que vem, com a certeza das ajudas que se apresentam sem reservas.
Ao longo dos anos, vivi situações complicadas, tanto a nível familiar como no meu trabalho e dou, muitas vezes, comigo a pensar que os obstáculos se foram sempre ultrapassando à custa da solidariedade espontânea que me assiste e, por isso, me considero uma privilegiada, na medida em que tenho conseguido levar por diante o ideal de uma comunidade, familiar e espiritual que, porque não dizer, me tem dado tanto alegrias como tristezas. Alegrias quando vejo os meus filhos seguirem o seu próprio caminho e aqueles que de mim se aproximam para os ajudar espiritualmente, avançarem com passos cada vez mais firmes e com a humildade própria de quem sabe que sabe e tristezas quando me sinto incapaz de perceber as falhas e a dificuldade em aceitar que o desapego é, realmente, o maior desafio da vida.
Por tudo isto, continuo a praticar Yoga de corpo e alma, confiando na sabedoria ancestral que representa esta filosofia. Nela tenho encontrado as respostas para as perguntas que não soube formular ou que se encontravam perdidas nas brumas da minha memória.
Com a consciência plena vos digo... PRATIQUEM YOGA!!!
Fiquem bem!

2 comentários:

Naeno disse...

DIA E NOITE

Construir uma noite é fácil demais
Basta juntar sonhos e pesadelos
E deixar-se embriagar por luares
Desembaraçar estrelas aos novelos
Tecendo distantes constelações
Nos nadas azuis do firmamento imóvel
Até que as distâncias unifiquem os tons
Parindo do escuro a negritude movel.
Mais complicado é inventar o dia
Têm-se que ser operário da luz
Colher claridade do claro que se irradia
E bordar da luz do sol pontos cruz.

Um beijo
Naeno

Maria Emília disse...

Agradeço as belas palavras sentidas.

Um abraço
ME