A minha Lista de blogues

terça-feira, outubro 02, 2007

RELAÇÕES E COMPORTAMENTOS


“A materialização leva um tempo que não se compadece com a pressa dos homens e, no entanto, tudo acontece muito depressa. Cada instante passa como um abrir e fechar de olhos. O que foi ontem já não é hoje e o de hoje não passará amanhã. As sensações e as emoções vão e vêem, aparecem e desaparecem em ondas coloridas que deixam um perfume no ar.
Vivam a Vida, passo a passo, sem pressa, mas com a constância de quem sabe que não há um minuto a perder!”
SETH


Vem esta mensagem a propósito da próxima lição do Curso “Sentir Energia – Processo Evolutivo”, que organizámos este ano para que possamos desenvolver uma consciência do que se passa connosco nas relações e nos comportamentos próprios ou alheios. O que sentimos é um sinal que se manifesta no corpo e, ao tomarmos consciência dele, podemos gerir as emoções de forma conveniente e perceber até que ponto somos influenciados pelas energias que nos rodeiam e como harmonizá-las.
O primeiro passo é, em silêncio, dar atenção àquilo que realmente somos, como individualidade. Somos muito permeáveis e, por isso, estamos longe de agir de acordo com o que verdadeiramente, sentimos. Tal como o mestre Seth diz “as sensações e as emoções vão e vêem, aparecem e desaparecem…”, e o que conta mesmo é o nosso sentir mais profundo, qual farol que nos guia na direcção certa, sem medo de encalhar no primeiro escolho.
Não temos de viver em redomas, nem andar a pairar em cima de nuvens para nos sentirmos protegidos. A vida apresenta-se como ela é cada dia e nós só temos de navegar por ondas coloridas ou encostar em portos de abrigo quando a necessidade surge. Um dos mestres que encontrei pelo caminho, disse-me um dia que somos um barco à vela que, ora tem os panos enfolados para seguir o rumo estabelecido, ora baixa as velas e acosta até que o temporal passe.
Vivamos pois, a vida passo a passo, mas com a consciência de quem sabe que não há um minuto a perder… Aceitem o que são e como são e façam dessa consciência o vosso ponto de partida.
Fiquem bem!

1 comentário:

hpinto disse...

Como me fazia falta participar nesta lição... como precisava tentar perceber porque me continuo a deixar influenciar pela energia "negativa" de certas pessoas...
Beijinhos,
Lena