A minha Lista de blogues

segunda-feira, maio 12, 2008

OLHOS NOS OLHOS






Quando me concentro no meu Blog ou nas diferentes formas de comunicação actuais, dou comigo a pensar como é fácil comunicar com o universo que me rodeia! No entanto, também me fica a estranha sensação de estar a “falar” sozinha… Somos capazes de receber, instantaneamente, uma mensagem que vem do outro lado do mundo e, curiosamente, nem sempre falamos com os nossos vizinhos… Eu, por exemplo, acho fantástico os meios de comunicação modernos e a eles aderi de imediato com a curiosidade e o entusiasmo de uma criança, mas continuo a privilegiar o contacto directo, olhos nos olhos, pois não dispenso o sentir a presença do outro e a respectiva troca de energia que esse contacto proporciona.
É claro que as facilidades de comunicação por estes meios electrónicos nos permitem alguma reserva e algumas defesas, o que é perfeitamente legítimo e cómodo. Sabendo que, apesar de tudo, a energia posta nestes actos passa tanto quanto as palavras, não posso deixar de pensar que a comunicação verbal imprime sensações que não se podem transmitir de outro modo e que, sem o factor contacto, poderão ser interpretadas de forma aleatória. A escrita tem a sua própria força, dependendo da intenção colocada nesse gesto e projecta-se sem uma direcção específica, mesmo que a ideia básica tenha um determinado sentido. Os receptores são atingidos de acordo com a sua disponibilidade e capacidade de interpretação e não há retorno a não ser quando a necessidade de manifestação se apresenta e a comunicação se completa.
Estas linhas, que vão nascendo no meu papel imaginário, serão implantadas no meu “caderno” virtual para que cheguem sabe-se lá onde, para serem lidas sem eu saber por quem. Este tiro no escuro carregado de boas intenções, faz-me sentir em contacto com amigos reais e virtuais que me acompanham nesta viagem pela vida que é feita de experiências vividas até à exaustão. Felizmente, também, tenho muitas oportunidades de comunicar, olhos nos olhos, e é bom termos acesso a tão diversas formas de interagir com aqueles que pairam na nossa frequência e fazem parte do nosso processo de desenvolvimento pessoal e espiritual, de uma maneira ou de outra.
Fiquem bem!

Sem comentários: