A minha Lista de blogues

domingo, julho 19, 2009

FAMÍLIA














18 DE Julho de 2009


Aqueles que têm acompanhado alguns destes escritos que, com amor, atiro para o espaço, saberão como é importante para mim, tanto a família biológica como a espiritual, pois fazem parte da minha estrutura, um grande apoio e incentivo para que possa prosseguir no caminho a que estou destinada e que percorro, de acordo com as minhas possibilidades, dentro do livre arbítrio que se me oferece.
A semana passada contei-vos do passeio e pic-nic que fecharam em alta, as actividades deste ano lectivo. Esta semana partilho convosco a alegria com que foi vivida a celebração dos 50 anos de casada da minha irmã (casámos no mesmo ano...). Ela tem uma grande família (6 filhos e quase, quase 16 netos) e, em conversa, manifestava a vontade de reunir a família mas, com tanta gente, não via como resolver o problema sem grandes gastos. Eu, que estou habituada a arranjar soluções para os pequenos problemas que se deparam numa organização e, a gerir grupos, dei logo a ideia de se fazer um pic-nic!!! O tempo presta-se e, certamente, haveríamos de encontrar o local adequado para reunir as 50 e tal pessoas previstas.
A sugestão pegou de imediato com grande entusiasmo e não tardou a que se arranjasse o local ideal. Um amigo do meu cunhado tem um colégio inglês, perto de Cascais e não se fez rogado quando lhe pediram a cedência do espaço para o dia aprazado. As condições eram óptimas, espaço à vontade, uma piscina, pequeno pinhal e campo de jogos. Combinámos então que cada um levaria o seu farnel e nos reuniríamos finalmente para passar uma tarde inesquecível.
Antes do almoço, houve uma breve cerimónia para bênção das alianças e renovação de votos, no fim o respectivo bolo de aniversário, antecedido de uma saudação aos nossos antepassados, avós e pais, origem de tão grande e bonito clã, muito recentemente, aumentado e, a breve prazo, acrescido de dois novos membros (contaremos, então, 34, até ver...)!!!
Houve quem não dispensasse o banho na piscina, onde as crianças já brincavam com toda a segurança. Eu não perdi a oportunidade de me estrear num belo mergulho, antes de provar algumas das iguarias expostas. As conversas fluíram naturalmente, matando saudades e pondo em dia troca de informações porque, evidentemente, nem sempre estamos em contacto uns com os outros para saber como correm as vidas de cada um.
Foi um dia excepcionalmente bem passado, deixando gravado na nossa memória a importância dos laços familiares, dentro da grande liberdade que é apanágio de pessoas que se respeitam e se amam para além das diferenças e das aparências. As despedidas foram calorosas, o coração bem cheio com a alegria estampada nos rostos de adultos e crianças.
Que todos possam viver momentos destes é o que vos desejo, neste domingo ensolarado e tranquilo.
Fiquem bem!

Sem comentários: