A minha Lista de blogues

quinta-feira, março 22, 2007

INCERTEZA


Confesso que, de repente, fiquei na dúvida sobre se deveria continuar a escrever aqui... Não sei até que ponto estas linhas traçadas na invisibilidade do éter, terão algum sentido porque, ultimamente, me tenho visto a falar de ideias filosóficas e não a contar as tais estórias de vida que vos propus, mesmo que elas sejam fruto de vivências muito pessoais. O meu sentir resulta da atenção dada a cada momento e cada experiência vai-se tornando uma lição marcante, isso é verdade, mas não me passa pela cabeça ser um serviço de auto-ajuda que, disso há para aí aos pontapés... A necessidade que tenho de partilhar estas emoções é marcada, apesar de tudo, pelo desapego pois sei que os encontros, mesmo os siderais, dão-se de qualquer maneira e as impressões projectadas para o espaço desta égregora, vão chegando a quem têm de chegar. No entanto, a nossa pequenez, precisa de ter espelhos que reflictam a nossa imagem para que a realidade se estampe na nossa própria cara e, por isso, precisava deste pequeno desabafo. É uma questão de Ego, mas de um Ego saudável e comprometido com a vontade de comungar com os meus pares, os anseios, as dúvidas, os medos, as alegrias, ou mesmo os estados de graça que nos tocam para que a Vida não nos pese demasiado. Estarei aqui enquanto sentir que os impulsos para o fazer sejam uma realidade palpável.
Mais dia, menos dia, voltarei a contar alguns episódios da minha, já longa, vida e as estórias ainda são muitas, podem crer!
Até breve, fiquem bem!

9 comentários:

nina sem medo disse...

Olá Maria Emília,

Apesar de nem sempre dar sinal de vida, deixe-me dizer-lhe que sou uma leitora (aprendiz) atenta. E que é muito bom poder receber os seus ensinamentos ainda que à distância. Esta janelinha é muito importante para mim, acredito que seja para outros também.

Continue da forma que achar melhor, mas não se vá embora por favor... :-) Não é uma exigência, é só um desejo..

um abraço sideral...

Maria Emília disse...

Obrigada minha querida pelo abraço sideral. Crê que este desabafo tem a ver com a necessidade de contacto mais palpável. Continuarei, como disse, enquanto sentir o apelo irresistível para o fazer. A escrita é uma necessidade, faz parte do meu ser e do meu sentir.

Beijos e continuação de Paz e Harmonia onde quer que estejas.

Joana disse...

Olá Maria Emília,
Ainda não tinha referido a sorte que tive em que (pelo acaso?) me encontei convosco, e por tudo aquilo que tenho aprendido consigo.
As suas "linhas traçadas" fazem todo o sentido para mim e espero que o continuem a fazer para si também.
Muito obrigada,
Joana C.

Maria Emília disse...

Obrigada Joana, é bom ter-te connosco também.
Beijinhos e tudo a correr pelo melhor.

aldina disse...

Quantas vezes os proósitos iniciais se alteram em certas alturas para retomarem noutras, ou simplesmente porque se transformam naturalmente...? Assim me ensinou uma certa Mestra...

Mil beijos de mil primaveras... e obrigada por este Blog... também:-)

Maria Emília disse...

Como me entendem... Obrigada
Beijos cheios de Sol!!!

aldina disse...

Poderá verificar que os nossos comentários no último post da "Nina sem Medo" foram editados exactamente à mesma hora... ou seja, estamos juntas!

Até logo, amiga!

nina sem medo disse...

Passei para agradecer a visita. Bjos a ambas..

Amélia disse...

Olá Maria Emília,

Concordo inteiramente com as "colegas" de blog!
Precisamos muito de si, e mesmo que o nosso comentário não seja imediato, estamos sempre atentas às suas estórias ou a qualquer ensinamento seu.
Todas as manhãs venho "espreitar" e reler algumas passagens suas que mais me tenham marcado para me sentir melhor e enfrentar um novo dia com mais entusiasmo.
Obrigada por tudo e continue a escrever o que entender que deve ser escrito em cada momento, mas não páre, por favor...
Um beijo de muita amizade,

Amélia