A minha Lista de blogues

domingo, agosto 06, 2006

CONHECIMENTO E ORDEM

Uma mente pura tem a consciência de que Corpo, Mente e Espírito é uma e a mesma coisa. Sendo assim, não se deixa perturbar pelos desejos feitos pensamentos, consegue distinguir a Verdade da realidade e sabe que a Essência está para além da aparência. Para chegar a este Conhecimento tem de se entender que os desejos provocam emoções, expectativas e desilusões e que é preciso uma ordem e uma disciplina que estabelece os alicerces da liberdade, desenvolvendo a sensibilidade que é a verdadeira inteligência, o sentir que se manifesta em cada acção, cada gesto.
O Conhecimento é a fonte inesgotável das experiências vividas que deixam a sua marca indelével. A informação que chega é importante, mas convém ter em conta que há que discernir, eliminando o que não encaixa no sentir. A evolução dá-se na continuidade do estabelecido e o pensamento fluirá, dando origem aos desejos que permitem estar disponível para outras tantas experiências que farão parte do processo em que se está inserido.
O esforço posto no desenvolvimento pessoal reflectir-se-á na evolução colectiva que conduzirá a uma transformação do mundo em termos de consciência cósmica, possibilitando a exploração de potencialidades e buscando novos interesses. É este o Caminho da verdadeira sintonia com os outros e com o próprio universo.
Vem tudo isto a propósito das férias que comecei a gozar no dia 1. Pela primeira vez deixei o Centro entregue ao grupo de Instrutores que partilharão tarefas, recebendo os alunos como eles estão habituados. A minha experiência em sentir disse-me que estava na altura de ir largando o cordão umbilical porque os que comigo trabalham já tinham aprendido o suficiente para se manterem dentro da vibração daquele espaço e eu estou feliz e contente por assim ser. A mesma atitude que tive/tenho em relação aos meus filhos que são pessoas independentes, na medida em que gozam da liberdade conquistada com o seu esforço, o seu trabalho e a confiança que lhes deu uma boa estrutura familiar. Independência não significa indiferença, porque, verdadeiramente, uma Família biológica ou espiritual, deve caminhar em companhia com a consciência da individualidade. Estamos presentes de corpo e alma, por gosto e por Amor, sempre que a ocasião se oferece ou é necessário. Estou apostada em saborear este tempo para pensar, para descansar e organizar-me interiormente para que o próximo ano seja um desafio a enfrentar com alegria e aproveitamento para todos e cada um.
O contacto com a blogsfera continuará a ser uma realidade pois escrever faz parte do meu pensar, do meu sentir, com a liberdade de sempre e o prazer de estar com quem se cruze comigo neste caminho sideral.

Fiquem bem!

Sem comentários: